Contur Hortênsias elege diretoria para gestão 2021/2022

Representantes de entidades de classe e do setor público ligadas ao turismo nos municípios de Canela, Gramado, Nova Petrópolis, Picada Café e São Francisco de Paula reuniram-se na noite de quarta-feira (18), em Nova Petrópolis, para a assembleia constituinte do novo Conselho de Turismo da Região das Hortênsias (Contur Hortênsias), que contou com a presença do secretário estadual de Turismo, Ronaldo Santini.

Connection Experience será em Canela!

Depois de quatro edições de sucesso, o Connection Festuris se firma como evento para capacitar e dar novos subsídios aos participantes nesta retomada do turismo pós-pandemia

Locadoras de Carro

Central Autolocadora

R. Danton Corrêa da Silva, 563 – Centro, Canela
(54) 3282-2070
(54) 99970-2070
contato@centralautolocadora.com.br
www.centralautolocadora.com.br

Alano Turismo

Rua Dona Carlinda, 1048 – Centro
(54) 9 9975 0634

Brocker Turismo

Av. Borges de Medeiros, 851 – Centro
(54) 3282 5400

Locatur

Rua Rodolfo Schlieper, 123
(54) 9-9941-6718 VIVO
(54) 9-9173-4901 CLARO
contato@locartur.com.br
www.locartur.com.br

Rafting no Rio Paranhana

O Rafting, ou descida de rio com bote inflável, é um dos principais destaques no turismo de aventura aquática do Vale do Rio Paranhana, que nasce na área rural de Canela.

A descida das corredeiras é emocionante e incrivelmente segura, mesmo para quem nunca se aventurou nesse esporte. Todo o percurso de 4 km é acompanhado por instrutores que ajudam a vencer os obstáculos que surgem a cada curva do rio. O importante é estar devidamente vestido com o colete salva-vidas, capacete, roupas de neoprene e seguir atentamente toda a orientação dos guias.

Antes de entrar no bote, os praticantes recebem as instruções de como remar e como usar os equipamentos de segurança. A duração do passeio é de 3 a 4 horas (1h e 30min no rio aproximadamente), com dois horários de saída de Canela, 8h30min e 14h. O grupo deve ter no mínimo duas pessoas, com idade acima de 2 anos. O valor é R$ 145,00 por pessoa, incluída a roupa de neoprene.

Dica de Canelense: Não deixe de tomar banho no rio no local da parada do bote. É um lugar lindo, no meio das pedras e corredeiras. E observe as borboletas, há muitas durante toda a descida do rio. Leve toalha e uma muda completa de roupa.

A História da Cidade

Chamado originalmente de Campestre Canella, o local onde hoje se situa a cidade de Canela era rota de passagem de comboios de tropeiros que levavam gado, queijo e couro do Centro do país para o Sul do Estado do Rio Grande do Sul. Antes terra dos índios Caaguás, a sesmaria teve como primeiro proprietário Joaquim da Silva Esteves, que obteve, em 1821 da Coroa Portuguesa, o título de “Senhor do Campestre Canella”. Árvore nativa, a caneleira fornecia a sombra para o merecido descanso dos viajantes, que pousavam perto de onde fica hoje a praça central da cidade, chamada de João Corrêa, em homenagem ao grande impulsionador da região.

No início do século 20, a região era habitada por famílias de fazendeiros e por imigrantes alemães e italianos vindos de diferentes colônias do Estado. O desbravador do povoado foi o Coronel João Corrêa Ferreira da Silva que
construiu a estrada de ferro, obra iniciada em 1913 e concluída em 1925, ligando Canela a Taquara. Com a ferrovia em pleno funcionamento, o movimento se intensificou e em 2 de março de 1926, Canela foi designada Sexto Distrito de Taquara. O município foi oficialmente estabelecido bem depois, em 28 de dezembro de 1944.

A economia girava em torno das serrarias e da industrialização da madeira. Em 1913, foi criada a “Companhia Florestal Riograndense”, que comprava pinheiros e terras nas redondezas do Caracol. Para exploração da madeira
foram instaladas cinco serrarias.

Esse movimento econômico fez com que surgissem os primeiros hotéis. Nesse tempo, o movimento turístico era chamado de “veraneio”e as famílias subiam a Serra para fugir do calor de Porto Alegre e das áreas mais baixas do Estado no verão. Com a emancipação, Canela passou a voltar seus esforços para equipar o município com uma estrutura turística para receber os visitantes.

E recursos naturais para encantar os turistas nunca faltaram a Canela e são hoje cada vez mais acessíveis. Paisagens deslumbrantes, cascatas, araucárias centenárias e ainda um inverno com friozinho e neblinas europeias encantamos turistas. Tudo isso faz do turismo a tendência natural de Canela.

Hoje a cidade conta com 44 mil habitantes, 4 mil leitos em hotéis e pousadas, restaurantes e bares para todos os gostos e bolsos e dezenas de atrações para os turistas. Canela está pronta para recebê-los!! Neste aplicativo, você vai encontrar de maneira fácil e interativa as me;hores informações e dicas para curtir a cidade. Canela, Paixão Natural!

Dica: O local onde os imigrantes alemães Guilherme e Barbara Wasem, primeiros moradores do Caracol pode ser visitado ainda hoje. O casal chegou à região em 1874 e se instalou perto da cascata, no caminho do Vale da Lageana. É um lugar lindo e rende boas fotos da paisagem típica, com muitas araucárias. Desça a estrada do Caracol e vire a esquerda logo após a fábrica de móveis Lapele. Passe uma ponte e vire a direita na placa Vale da Lageana. A casa, com uma placa sinalizando fica 500 metros adiante, a esquerda, ao lado do hotel Cabanas Brocker.

3ª Mostra Cultural de Canela acontece de 12 a 17 de fevereiro

O Departamento de Cultura da Secretaria de Turismo promove a terceira edição da Mostra Cultural de Canela, que leva arte e cultura para 11 bairros do município, com todas as atrações gratuitas. O evento acontece de 12 a 17 de fevereiro e conta com mais de 50 atrativos entre oficinas de artes visuais, oficinas de artesanato, teatro de lambe-lambe, teatro de rua, teatro de bonecos, capoeira, coral, banda, bloco carnavalesco, oficina de interpretação teatral e exposição de aristas plásticos.
As apresentações serão realizadas em diferentes pontos da cidade, como Central de Informações, Óasis Santa Ângela, Parque do Lago, Praça João Corrêa, Casa Lar, Rodoviária, Catedral de Pedra, Coopec e os bairros São Luiz, Santa Marta, São Lucas, São Rafael, Vila Dante, Canelinha, Celulose e Ulisses de Abreu.

O evento é uma realização da Secretaria de Turismo e Cultura e produção da Beatles Produções.

PROGRAMAÇÃO DO FIM DE SEMANA DO SONHO DE NATAL

Hoje – 8/12

Evento: Conto de Maria 
Horários: 18h e 19h
Local: Picadeiro do Ponto de Cultura Kombinação

Evento: Espetáculo Siga a Sua Estrela
Horários: 21h, 22h e 23h
Locais: Catedral de Pedra e Rua Felisberto Soares

Evento: Espetáculo Praça das Luzes
Horários: 21h30min, 22h30min e 23h30min
Local: Praça João Corrêa

Evento: Noite do Natal Gaúcho
Horário: 21h30
Local: Multipalco

Sábado – 09/12
Evento: Paradinha de Natal
Horário: 15h30min
Locais: Da Catedral de Pedra até a Praça João Corrêa

Evento: Conto de Maria
Horários: 18h e 19h
Local: Picadeiro do Ponto de Cultura Kombinação

Evento: Espetáculo Siga a Sua Estrela
Horários: 21h, 22h e 23h
Locais: Catedral de Pedra e Rua Felisberto Soares

Evento: Espetáculo Praça das Luzes
Horários: 21h30min, 22h30min e 23h30min
Local: Praça João Corrêa

Evento: O Som do Vento
Horário: 21h30min
Local: Multipalco

Domingo – 10/12
Evento: Parada de Natal nos Bairros
Horário: 10h30min
Locais: Bairros São Rafael e Jardim das Fontes

Evento: Paradinha de Natal
Horário: 15h30min
Locais: Da Catedral de Pedra até a Praça João Corrêa

Evento: Conto de Maria
Horários: 16h e 17h
Local: Picadeiro do Ponto de Cultura Kombinação

Evento: Espetáculo Siga a Sua Estrela
Horários: 21h, 22h e 23h
Locais: Catedral de Pedra e Rua Felisberto Soares

Evento: Espetáculo Praça das Luzes
Horários: 21h30min, 22h30min e 23h30min
Local: Praça João Corrêa

Evento: Auto de Natal
Horário: 21h30min
Local: Multipalco

Musicalidade e criatividade no Som do Vento

Apresentação será hoje às 21h30 no

Multipalco da Praça João Corrêa

O Som do Vento é um grupo instrumental formado por integrantes da cidade de Canela. O grupo vem conquistando seu espaço e se consolidando a cada ano, devido a sua linguagem musical. Interpretado pelo acordeon, O Som do Vento dirigido por Adriano Dias, busca inteirar gêneros musicais como o tango argentino, a música brasileira e o jazz norte americano, afim de uma mesma unidade musical. Interpretado pelo acordeom de Rodrigo Batista, a emoção se faz presente do começo ao fim.

Em sua terceira participação no “Sonho de Natal de Canela”, com muito orgulho o grupo apresenta juntamente com seu repertório tradicional, clássicos natalinos com releituras exclusivas para o “Sonho de Natal”.

O espetáculo conta com a participação dos músicos canelenses: Adriano Dias (guitarra), Rodrigo Batista (acordeon), Sergio Severo (contra baixo) e Tiago Biazus de Passo Fundo (Teclado).

6ª edição do Projeto Canela Participa  é nesta terça no bairro Santa Terezinha

O Projeto Canela Participa, desenvolvido pela Administração Municipal, com o objetivo de aproximar a comunidade local do Poder Executivo, terá continuidade nesta terça-feira (18), chegando ao bairro Santa Terezinha. A partir das 19h30, o prefeito Constantino Orsolin, juntamente com seus secretários municipais, estarão na Escola Municipal Santa Terezinha para uma reunião com os moradores, quando será realizada uma espécie de prestação de contas das ações executadas pela Prefeitura de Canela no primeiro semestre deste ano.

Na ocasião, também será aberto espaço para sugestões e reivindicações da comunidade. “Contamos com a presença dos moradores, pois através destes encontros podemos saber as reais necessidades e demandas do bairro”, afirma o prefeito Constantino Orsolin. Esta será a 6ª edição do Projeto Canela Participa, que já visitou os bairros Saiqui, Vila Dante, Distrito Industrial/São Rafael, Eugênio Ferreira e Canelinha.

Hello world!

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!