Bênção ecumênica em helicóptero marcou Sexta Santa em Canela

O feriado de Páscoa foi marcado por uma celebração religiosa diferenciada em Canela. Em tempos de pandemia do coronavírus, o padre Vanderlei Barcelos de Borba, da Paróquia Nossa de Lourdes, fez uma bênção ecumênica do alto do helicóptero da Tri Táxi Aéreo.

Em parceria com a empresa de aviação, a Secretaria de Turismo e Cultura de Canela programou a ação para fortalecer a esperança da comunidade usando a simbologia da morte e ressurreição de Jesus Cristo. O secretário de Turismo de Canela, Ângelo Sanches, observa que o vídeo da bênção foi gravado na quinta-feira (9) e transmitido na Sexta-feira Santa (10), às 15h, pelas redes sociais da Prefeitura de Canela. “Nossa transmissão foi às 15h pela simbologia do horário, que representa a morte e o início da ressurreição de Cristo. Queremos passar uma mensagem de esperança. É o momento que o canelense não pode perder o brilho no olhar. Canela é um palco a céu aberto e queremos difundir essas imagens de renovação da fé ao mundo”, afirma Sanches.

“Estamos vivendo um momento muito difícil. O coronavírus transtornou a nossa vida, mas nós, cristãos, estamos numa semana especial. É momento de reverenciar o grande ensinamento da Páscoa. Jesus é ressurreição. Vamos ressurgir com Ele. Foi uma mensagem de esperança e fé para enfrentarmos as dificuldades do momento”, complementa o prefeito de Canela, Constantino Orsolin.

Decoração da Páscoa em Canela fortalece a esperança

A Páscoa em Canela conta com um forte simbolismo em 2020. Mesmo sem fluxo turístico como forma de prevenção à pandemia do coronavírus, a cidade foi enfeitada com uma ornamentação especial. Os adornos permanecem até domingo (19).

Conforme o secretário de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches, a decoração foi mantida para motivar a população quanto às duas principais características da data: renascimento e esperança. “É o momento em que o canelense não pode perder o brilho no olhar e, por mais que tenhamos ruas vazias, queremos que a decoração e as imagens que vamos propagar continuem sendo um alento, um sinal de esperança, de reavaliação”, destaca Sanches.

Os equipamentos decorativos criados para a festividade estão espalhados pelas principais vias centrais de Canela e chamam a atenção pelo viés lúdico. “Canela sempre foi um palco a céu aberto, uma cidade que é cenário de muitas coisas boas que projetaram o município para o Brasil e para o mundo”, comenta o secretário.

OUTROS EVENTOS

As atividades artísticas que estavam previstas foram suspensas para evitar a disseminação do coronavírus porque geram concentração de público, mas serão realizadas em outros eventos futuros. Sanches ressalta que após o mundo superar a pandemia, Canela seguirá potencializando as suas atividades turísticas e culturais. “Nós vamos voltar mais fortes e mais unidos, com mais vontade ainda de fazer com que a cidade continue sendo um palco a céu aberto”, conclui.

Imagens em tempo real e wi-fi grátis em funcionamento no centro de Canela

A Prefeitura de Canela, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, em uma parceria com a empresa TCA Internet disponibiliza imagens ao vivo de alguns pontos do Centro de Canela. As câmeras estão instaladas na Catedral de Pedra, na Rua Felisberto Soares e no Multipalco da Praça João Corrêa. As imagens podem ser assistidas pelo site da Secretaria de Turismo, www.canela.com.br/ao-vivo

O secretário de Turismo e Cultura Ângelo Sanches destaca que “trata-se de uma parceria público-privada sem custo algum aos cofres municipais”.

Imagens da rua Felisberto Soares

WIFI GRATUITO

A parceria entre Prefeitura e TCA Internet também possibilitou wi-fi gratuito em alguns pontos do centro da cidade.  O acesso gratuito a internet deve ser realizado pela rede ‘Wi-fi Grátis Prefeitura de Canela’ e está disponível no entorno da Catedral de Pedra, Rua Felisberto Soares, Praça João Corrêa e Multipalco. Para utilizar o serviço basta o usuário fazer um breve cadastro com dados pessoais.

“São serviços fundamentais nos dias de hoje. Vão beneficiar a nossa comunidade, os visitantes, o comércio, os restaurantes e os atrativos turísticos, proporcionando informações instantâneas aos usuários”, avalia o prefeito Constantino Orsolin.

Canela lança plano para retomada econômica pós-coronavírus

Sem deixar de priorizar questões de saúde e assistência social, a Prefeitura de Canela lançou nesta terça-feira (7), por videoconferência, o Plano Estratégico para Retomada da Economia Pós-Coronavírus. O trabalho elaborado pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura busca promover ações integradas com entidades e empreendimentos turísticos para garantir a saúde pública, organizar a retomada gradativa das atividades, preservando os empregos e auxiliando na segurança jurídica, econômica e sanitária.

O secretário de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches, destaca que foram analisadas as movimentações de mercado e escutados os principais players do setor. “Nossa prioridade é sempre o ser humano. O plano traz um cronograma integrado para retomada das atividades até o final do ano, iniciativas de conscientização e envolvimento nas questões sanitárias, com ações coerentes e adequadas para cada fase da crise”, diz Sanches.

Conforme o secretário, o cronograma prevê ações de capacitação e relacionamento para o curto prazo, ativações e promoção em médio prazo e expansão e aprimoramento para o longo prazo. Sanches observa que os eventos públicos suspensos em função da pandemia devem ser realizados a partir do segundo semestre. O secretário anuncia a criação da Primavera em Canela. “O calendário oficial de eventos de Canela sofrerá algumas alterações. Teremos a Primavera em Canela, que será repleta de atrações culturais e que irá valorizar os talentos locais. Também haverão campanhas integradas com todos os parques, hotéis, pousadas, restaurantes e empreendimentos turísticos da cidade”, afirma.

 

Secretário Ângelo Sanches, em conferência virtual

 

MOBILIZAÇÃO

Conforme a presidente da Associação de Parques e Atrações da Serra Gaúcha (Apasg), Manu da Costa, o fato de Canela estar preocupada com a retomada da economia é fundamental. “A mobilização é muito valida. Mais do que nunca nós precisamos colocar em prática ações que visem a retomada da economia porque realmente os efeitos dessa pandemia devem perdurar por um longo período”, avalia.

Para a empresária Adriana Brocker Boeira, do Grupo Brocker Turismo, a região pode ter vantagens na retomada econômica desde que consiga diversificar a forma de comunicação com o público. “Temos muitas opções de passeio, hospedagem e gastronomia. O destino Serra Gaúcha atende vários gostos, tem diversas opções de produto. Sai na frente em função da diversidade de atrativos. É necessário inovar os canais de venda. Com a união de Canela e Gramado, a região da Serra ganha como um todo”, afirma.

 

PLANEJAMENTO

O presidente do SindTur Serra Gaúcha, Mauro Salles, destaca que o planejamento realizado pela prefeitura com as entidades pode contribuir para a retomada.  “Em curto prazo, as ações são mais voltadas para cuidar da saúde da população e fazer uma retomada segura dos negócios locais. Quando a gente tiver mais certeza, informação e firmeza, penso que podemos começar a pensar no fomento do turismo. Então, é importantíssimo termos planos para irmos retomando na medida em que tentamos reconquistar a motivação e a confiança do turista. Todas as boas ideias que vierem daqui para frente certamente vão ajudar muito o turismo”, acredita Salles.

O diretor executivo da Abrasel em Hortênsias, Alberto Ecker, destaca a união para a criação do plano estratégico. “Percebemos que era importante criar um plano estratégico do pós-crise. Muitas pessoas não terão mais férias em junho e julho. Então, pensamos em fazer algumas coisas para atrair essas pessoas para Canela e região, oferecendo benefícios no geral, mas principalmente os ligados a descontos, pois esse consumidor não vai estar com tanta disponibilidade financeira para viajar, ele precisará sentir no bolso esse benefício. Ao pensarmos antes, saímos na frente”, frisa.

O diretor comercial do Alpen Park, Renato Fensterseifer Junior, acredita que o plano está no timing perfeito para que todo o trade possa se programar e encarar desde agora esse desafio de uma forma conjunta. “Isso dá bastante segurança para que todos se sintam orientados e tenham um caminho claro a seguir. Outro ponto positivo é que esse planejamento foi cocriado, ou seja, vários representantes do trade foram chamados pela Prefeitura para participar da criação desse material. Agindo agora vamos ter um resultado muito bom quando passar a crise”, afirma Junior.

 

> Clique aqui e leia o plano na íntegra

Comunidade se une para compra de tomógrafo

A campanha que visa ao pagamento do tomógrafo adquirido pelo Hospital de Caridade de Canela alcançou a cifra de R$ 240.622,40. Das duas contas disponíveis para doação de valores, a do Banco do Brasil registra R$ 210.161,40, enquanto a do Banrisul, R$ 23.200,00. Essa é a arrecadação apurada até a manhã desta quinta-feira (2), segundo dados da direção administrativa da casa de saúde.

O tomógrafo tem custo de R$ 798 mil e deve chegar à casa de saúde em maio. “Nunca o hospital teve um tomógrafo. Depois do raio-x, que já está pago, demos esse passo para realizar aqui diagnósticos por imagem. Além da comodidade, temos que considerar a economia que vai gerar”, diz o secretário municipal de Saúde e interventor do HCC, Vilmar Santos. “Mesmo em meio ao coronavírus, é de elogiar a comunidade de Canela, que dá resposta positiva a outras demandas da saúde”, elogia o prefeito Constantino Orsolin, isolado em casa por pertencer ao grupo de risco da Covid-19.

Acic e Sindtur também lançaram uma vaquinha on-line em prol do HCC, pelo endereço http://vaka.me/949217. Porém, essas doações não são apenas para o tomógrafo.

TESTES DE COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Canela não realiza testes de Covid-19 porque eles ainda não estão disponibilizados para aplicação em massa. Essa questão não é peculiar de Canela, mas nos municípios país afora.

Conforme o secretário municipal de Saúde Vilmar Santos, o governo federal deve começar as testagens em massa em breve, mas não há oferta de testes no mercado mundial, assim como de insumos para a sua fabricação.

Por enquanto, os testes de Covid-19 de pacientes de Canela são encaminhados ao Laboratório Central do Estado. Quando uma pessoa apresenta sintomas gripais, passa pela triagem médica na rede pública. Se o especialista entender ser caso de suspeita coronavírus, a Secretaria comunica o Lacen, que autoriza a coleta de material para exames.

FIM DE SEMANA

O espaço anexo ao Hospital de Caridade de Canela – a tenda – permanecerá com as equipes trabalhando diariamente e por 24 horas. Elas atendem pacientes com sintomas gripais que passam por triagem. Se estes apresentarem indícios de Covid-19, são encaminhados para isolamento.

Já a Unidade Central, próxima ao HCC, permanecerá aberta neste sábado e no domingo, no mesmo horário: as 7h às 19h, sem fechar ao meio-dia. O objetivo é atender pacientes com ocorrências de menor gravidade e que não envolvam sintomas gripais. Isso para não acumular o espaço usual do HCC, que continuará a receber casos de urgência e emergência de qualquer natureza.

 

DOAÇÃO PARA O TOMÓGRAFO DO HOSPITAL

Tanto pessoas quanto empresas podem realizar doações de qualquer valor nas contas-correntes do HCC, dos bancos:

Banco do Brasil – c/c 2777-4, ag. 0698-X

Banrisul – c/c 06.003413.0-3, ag. 0555

CNPJ do Hospital de Caridade de Canela: 88.210.794/0001-69]

WhatsApp exclusivo para esclarecimento de dúvidas e envio de comprovante de depósito: (54) 9 9119 7273

Agricultores de Canela que entregam em casa

A Paixão Natural de Canela não perde seu encanto durante o período de isolamento. Descendo em direção à Linha São João, pegando um dos acessos às comunidades do nosso belo interior como Morro Calçado, Rancho Grande/Bugres e Canastra Alta, podemos contemplar suas belezas e encantos naturais.

E é justamente no interior do nosso Município que estão os produtores rurais e as agroindústrias, que abastecem as nossas mesas com diversos produtos caseiros, verduras e frutas da estação. Os produtores da agricultura familiar já estão entregando seus alimentos para os canelenses em suas casas, para poderem desfrutar destas delícias em suas mesas sem qualquer preocupação.

Veja abaixo algumas opções:

 

Geleias de pimenta e frutas, compotas e conservas

Produtor: Estevão Lopes Biz
Telefone: (54) 9 9176 2039
Dia da entrega: sextas
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Feijão, Aipim, batata e horti em geral

Produtor: Jocelito Berti
Telefone: (54) 9 9172 1949
Entregas: segunda, quarta e sexta
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Cogumelos Shitake

Produtora: Maria Cristina da Silva
Telefone: (54) 9 9988 9661
Entregas: quintas
Pagamento: dinheiro

 

Massa, capeleti de frango ou queijo, tortei de rolo

Produtora: Patrícia M. de Oliveira
Telefone: (54) 9 9617 6694
Entregas: sextas
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Morangos

Produtor: Ricardo Lemos
Telefone: (54) 9 9637 1500
Entregas: terças e sextas
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Alface, Rúcula e Temperos

Produtor: Samuel Livi
Telefone: (54) 9 9613 1600
Entregas: segunda, quarta e sexta
Pagamento: dinheiro

 

Abacate, laranja do céu, caqui e aipim

Produtora: Maria Salete Herold
Telefone: (54) 9 9673 5925
Dia da entrega: quartas feiras ou à combinar
Pagamento: dinheiro

 

Cactos e suculentas

Quebrando o padrão das comidas, que tal fazer um novo jardim na varanda?

Produtora: Ana Carolina Benetti
Telefone: (54) 9 9176 5925
Dia da entrega: quartas feiras ou à combinar
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Doce de leite, iogurte e 9 tipos de queijo

Produtora: Alessandra Valim
Telefone: (54) 9 8407 9843
Dia da entrega: terças e sextas
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Temperos, nozes, frutas cítricas e banana

Produtor: Carlos Ortmann
Telefone: (54) 9 9262 7922
Dia da entrega: sextas
Pagamento: dinheiro

 

Morangos e tomate cereja

Produtor: Juliano Faes
Telefone: (54) 9 9915 7866
Dia da entrega: terças e sábados
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Temperos, hortaliças, frutas da época e panc

Produtores: Paulo e Zenaide Abreu
Telefone: (54) 9 8118 6405
Dia da entrega: terças e sextas
Pagamento: dinheiro e cartão

 

Comprando do produtor rural canelense você aprecia belos hortifrutis e ainda ajuda a fortalecer a economia da nossa cidade.

Se você conhece mais algum produtor que possa entrar nessa lista, mande pra gente pelo WhatsApp da Central de Atendimento ao Turista: (54) 3282 5199.

Agradecemos à Emater de Canela por nos fornecer estas informações e auxiliar o produtor rural diariamente.

Campanha para ajudar as famílias em vulnerabilidade social

Tendo em vista toda a situação vivenciada com a pandemia do Covid-19, empresas e entidades se uniram para auxiliar inúmeras famílias sem renda que passarão por muitas dificuldades nos próximos meses.

Uma campanha foi lançada ontem (27) para arrecadar alimentos, produtos de limpeza e material de higiene que ajudará as famílias em vulnerabilidade social.

Os pontos de coleta são mercados, Rissul, Brombatti, Super da Vizinhança, Forrageira, JS, Serrano, Bom Preço, Galego e Gallas. Farmácias: Agafarma, São João e Líder.

Uma vakinha virtual também foi feita para aceitar valores em dinheiro que serão revertidos para compra dos materiais necessários. O link para auxiliar é http://vaka.me/961572

As doações serão entregues a Secretaria de Assistência, Desenvolvimento Social, Cidadania e Habitação que tem cadastrado as famílias de baixa renda, através do programa Bola Família.

Participam da ação: Brocker Turismo, BusTour, Orbis Clube Canela, Pontual Comunicação Visual, Rotary Club Canela Inspiração e Lions Internacional Canela.

Decreto municipal com medidas restritivas será mantido até dia 4 de abril

Integrantes do 1º escalão da Administração Municipal de Canela participaram de uma importante reunião na tarde desta quinta-feira (26), por videoconferência, com o objetivo de debater as ações realizadas até o momento e discutir as próximas medidas a serem adotadas no combate ao Covid-19.

O prefeito Constantino Orsolin coordenou a reunião e ouviu atentamente o vice-prefeito Gilberto Cezar e os oito secretários municipais que apresentaram as ações executadas em cada pasta. “Estou muito orgulhoso pelo grande trabalho e pela dedicação do meu time de secretários. Permaneço resguardado por ser do grupo de risco, mas quem me conhece sabe que gostaria de estar na linha de frente. Sigo atuando de casa, realizando reuniões diárias e trabalhando pelo bem do povo de Canela”, comentou o prefeito Constantino Orsolin.

Entre os temas debatidos estava a manutenção do decreto municipal que determina restrições a estabelecimentos e entidades religiosas e sociais de uso privado ou público. Com validade de 15 dias a medida segue em vigor até o próximo dia 4 de abril. “Foi unanimidade de que devemos manter o decreto, pois entre a economia e a vida, vamos optar pela saúde da nossa população”, frisa o prefeito Constantino Orsolin, lembrando que entidades como o SindTur Serra Gaúcha são contra a flexibilização.

 

NOVA AVALIAÇÃO NA PRÓXIMA SEMANA

No entanto, o chefe do Poder Executivo adianta que serão realizadas reuniões com diversos setores da economia na próxima semana para uma reavaliação do decreto municipal nº 8.701. “Evidentemente que estamos muito preocupados com a economia do nosso município. Por isso, a partir de segunda-feira (30) teremos reuniões para em conjunto tomarmos decisões”, afirma Constantino Orsolin.

Por fim, o prefeito pede serenidade e paciência aos canelenses neste difícil momento, ressaltando a importância de todos fazerem a sua parte. “Gostaria que tudo voltasse a normalidade o mais rápido possível, mais neste momento infelizmente não dá. Vamos seguir as orientações dos especialistas, pois seu ato de isolamento pode ajudar muitas pessoas”, avalia o prefeito Constantino Orsolin.

 

Foto: Divulgação

Município recebe recomendação para fiscalizar e não permitir abusos no comércio

O Município de Canela recebeu uma recomendação, por parte do Ministério Público local, para adotar medidas que façam cumprir o decreto estadual nº 55.128/2020. Em alguns pontos, a norma recomenda a fornecedores e comerciantes estabelecer limites na compra de bens essenciais à saúde, à higiene e à alimentação, a fim de evitar o esvaziamento do estoque de produtos.

O MP aponta que estabelecimentos comerciais devem determinar horários ou setores exclusivos para atender os clientes no grupo de risco da Covid-19, como os idosos. Outra ação é evitar a aglomeração de pessoas em farmácias, distribuidoras e clínicas privadas de vacinação, com orientações às gerências locais, quanto à organização de acesso ao público nas dependências e filas, seja por senhas e agendamentos telefônicos, por exemplo. Nesses estabelecimentos, itens como álcool em gel, máscaras e luvas sintéticas precisam ser encontrados com seus valores de mercado mantidos; caso contrário, o Município pode exigir comprovação por notas de fornecedores e aplicar sanções que variam de multa a fechamento.

As recomendações são válidas a estabelecimentos de primeira necessidade que podem permanecer abertos, como postos de gasolina, revendas de águas e distribuidora de água, mercados, entre outros. Todos, além de cobrar preços justos, devem cumprir medidas preventivas contra o coronavírus.

Desde o início da quarentena de coronavírus em Canela, a Prefeitura recebeu denúncias de práticas proibidas por parte de consumidores, que atentam inclusive ao Código de Defesa do Consumidor. Todas foram repassadas às equipes de fiscalização no cumprimento – também – do decreto municipal nº 8.708, de 21 de março de 2020.

 

NOTA TÉCNICA

Já o Ministério Público do Estado emitiu uma nota técnica para esclarecer pontos do que significa a decretação de situação de calamidade, medida tomada diante da pandemia de coronavírus por diversos municípios. O documento esclarece que a restrição de direitos civis e a liberdades públicas “de modo mais intenso” não pode ser adotada, visto ferir o direito de ir e vir dos cidadãos, conforme assegura a Constituição Federal. Em outras palavras, não se pode colocar “barreiras” nos limites territoriais.

“Em princípio, somente os estados de exceção (de defesa e de sítio) previstos na Constituição Federal permitem a imposição de limitações mais severas à esfera de direitos civis e liberdades públicas da população, como a proibição de circulação ou de entrada em determinados Municípios ou Estados. Contudo, somente o Presidente da República detém poderes para decretá-los”, escreveu o promotor de Justiça assistente Bruno Heringer Júnior.

Confira a íntegra da recomendação e da nota técnica em https://bit.ly/3agEekF

Laghetto disponibiliza andar exclusivo de hotel para profissionais da saúde

A pandemia do Coronavírus mudou a rotina das pessoas e também está despertando atos de solidariedade e amor ao próximo. Um belo exemplo parte da Rede Laghetto de Hotéis que disponibilizou toda uma unidade localizada no Centro de Canela para servir como apoio a Secretaria de Saúde no combate ao Covid-19. O secretário Vilmar Santos, acompanhado por membros do Comitê de Operações de Emergência (COE) da Secretaria de Saúde esteve recentemente no hotel para analisar a estrutura.

Após a visita ficou definido que um andar inteiro do prédio ficará destinado exclusivamente para receber profissionais da área da saúde que atuam no Hospital de Caridade de Canela (HCC) e também nas Unidades Básicas de Saúde. A intenção é de que estes profissionais utilizem a estrutura do hotel para repouso e até mesmo estadia por um período em casos necessários. “Os profissionais da saúde que residem com pessoas idosas ou acamadas, por exemplo, podem ficar no hotel para preservarem suas famílias da pandemia”, explica Vilmar Santos.

ISOLAMENTO DE PACIENTES SUSPEITOS

O Comitê de Operações de Emergência (COE) da Secretaria de Saúde também já traçou um plano de ação para isolamento de casos suspeitos. Conforme o secretário Vilmar Santos os casos mais graves envolvendo o Covid-19 serão encaminhados para uma ala exclusiva do HCC.

Já aqueles pacientes suspeitos que não apresentarem sintomas, mas que possam ter entrado em contato com alguém contaminado, serão isolados em um andar exclusivo do Hotel Laghetto Vivace Canela. “Lembramos que não temos nenhum caso de Covid-19 na cidade de Canela. Mas neste momento é melhor pecar pelo excesso de zelo do que pela falta de medidas”, frisa o secretário Vilmar Santos.

Fotos: Rafael Zimmermann