Viagem segura: Parque do Caracol passa por higienização

O Parque Estadual do Caracol, em Canela, passou por desinfecção na manhã de segunda-feira, 10. Após registrar bom movimento turístico no final de semana de Dia dos Pais, as áreas ao ar livre de maior circulação do parque passaram pela higienização promovida pela Secretaria de Turismo e Cultura de Canela. O processo foi realizado pela Prefeitura de Canela em outros pontos anteriormente, como o entorno da Catedral de Pedra, estação rodoviária, paradas de ônibus, hospital, postos de saúde e diversas ruas centrais.

O secretário Ângelo Sanches destaca que as ações de higienização vêm ao encontro das medidas que fizeram de Canela o terceiro destino turístico brasileiro a receber a certificação Safe Travels (viagens seguras) da World Travel & Tourism Council (WTTC). O selo estabelece regras a serem cumpridas por empresas, cidades e países a fim de tornar as viagens mais seguras, enquanto não se conhece uma vacina ou tratamento eficaz para a covid-19. “Cada vez mais vamos fazer nossa parte para proteger nossos colaboradores e turistas. Queremos que a ação sirva de exemplo para trabalharmos a prevenção. Em Canela, todo o trade está fazendo sua parte”, afirma Sanches.

SAFE TRAVELS

Canela foi a segunda cidade do Brasil a receber o selo. No Brasil, o Estado do Rio Grande do Norte e a cidade de Salvador foram os primeiros certificados. Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), o novo protocolo foi elaborado com a colaboração de diversas entidades ligadas ao setor turístico. O selo conta com o apoio da Organização Mundial do Turismo (OMT) e de mais de 200 CEO’s de grandes empresas do turismo em todo o mundo.

A WTTC é uma ONG baseada em Londres que busca o desenvolvimento sustentável e inclusivo do setor privado do turismo mundial. Diante dos desafios enfrentados pelo setor turístico frente a atual pandemia e da retomada iminente do turismo em alguns países, criou um protocolo de boas práticas para prevenção do coronavírus chamado Safe Travels.

 

Foto: Eduardo Idalino