Roteiro Canela Parques

A cidade de Canela possui tantos atrativos turísticos que às vezes você não sabe nem onde ir primeiro, não é mesmo? Por isso, resolvemos organizar um roteiro de dois dias somente com os parques naturais e temáticos da cidade. Se você saiu da rotina e está de férias, este é o roteiro ideal!

 

 

1º dia – Parques, aí vou eu!

Levante cedo, coloque um tênis confortável, pegue uma garrafinha com água e esteja pronto para sair do hotel por volta das 8h30, pois a maioria das atrações aqui abre às 9h. Vamos dedicar nossa manhã para os parques naturais e a tarde para os parques temáticos.

Nossa primeira parada, sem dúvida, será a Cascata do Caracol! Vamos descer a RS-466 direto até o Bondinhos Aéreos Parques da Serra, e apreciar a vista dentro de uma das modernas cabines que viajam suspensas. Depois de passar pelas três estações dos bondinhos, desça as escadas para o subsolo da Estação Central e aventure-se no Eagle. Esta cadeira faz uma tirolesa que simula o voo de uma águia e oferece uma vista de, literalmente, tirar o fôlego! Aqui você precisará reservar cerca de 1h30 para aproveitar o parque.

 

Vista da Cascata do Caracol pelo Bondinhos Aéreos. Foto: Divulgação

 

Logo depois, partiremos para o Parque Estadual do Caracol, onde veremos a cascata bem de pertinho e podemos fazer algumas trilhas. Entrando pela portaria, você desce um pouco e logo se depara com o mirante principal, incluso no ingresso. Se quiser uma vista panorâmica do parque, pode subir o Observatório Ecológico, um elevador panorâmico que te leva a 27 metros acima, mas tem ingresso à parte. Em seguida, siga pelas placas que te levarão para as trilhas e conheça a Cascata do Moinho, o Lajeado e as Corredeiras. No final do percurso, há o Centro Histórico Ambiental, com um acervo que conta a história da fauna e da flora do parque.

Se estiver com crianças, não deixe de fazer o passeio de trem da Estação Sonho Vivo. O desembarque desta divertida viagem é a Vila dos Imigrantes, que conta a história e os costumes dos antepassados que povoaram nossa região.

Já bateu a fome? Nossa sugestão é almoçar no Restaurante Sabor e Flor, que fica dentro do parque mesmo. Comida caseira, feita no fogão à lenha, estará quentinha te esperando. Depois, deite na grama e descanse um pouco, pois nosso dia está só começando!

A tarde do nosso passeio inicia no Parque Terra Mágica Florybal. Uma viagem ao mundo da fantasia e da diversão, com seres místicos, personagens temáticos e brinquedos incríveis! As crianças adoram e os adultos voltam a ser criança. O parque é tão grande que você precisa em torno de 1h30 para poder aproveitar bem.

 

O gigante semeador já te espera logo na entrada. Foto: Divulgação Terra Mágica Florybal

 

Depois dessa aventura, é hora de voltar para o Centro e, no caminho, parar no Mundo a Vapor. Este parque temático iniciou com dois irmãos, que viam o pai trabalhar na oficina de manutenção de locomotivas, e começaram a criar réplicas de máquinas a vapor. Hoje, todas em pleno funcionamento, são explicadas pelos monitores com uma verdadeira aula de engenharia! No final do passeio, não deixe de tirar uma foto clássica na fachada do parque, com aquele trem suspenso.

Hora de ir até a Estação Campos de Canella, que fica ao lado da Praça João Corrêa, para visitar a Big Land, um parque onde tudo é gigante. Você entra em uma máquina de encolhimento e quando a porta abre… tem todos os brinquedos que fizeram sucesso nas décadas de 80 e 90 em tamanho surreal! Jogue Atari em um controle maior do que você, ou pesque aqueles peixes giratórios com uma vara em tamanho real!

No final do passeio, fique pela estação mesmo e escolha uma das várias opções dali para jantar. Tem fondue, massa, pizza, risoto, petiscos, carnes… hummmm, só de pensar já dá água na boca.

 

2º dia – Aventuras em Canela

Hoje é dia de tomar um café da manhã reforçado, pois vamos gastar muita energia em nossa primeira parada: Alpen Park! Você vai precisar de, no mínimo, 1h30 para descer de trenó, bagunçar o cabelo na montanha russa, descer em queda livre no Turbo Drop e aventurar-se no Arvorismo. São cordas suspensas de uma árvore até a outra e, quando você chega no caminho quase bate um arrependimento… mas você se recompõe e descobre coragem de onde você nem sabia que tinha para terminar o circuito. Vale muito a pena, ainda mais que termina com duas tirolesas!

Já está cansado? E que tal relaxar um pouco molhando os pés na cachoeira? Vamos visitar agora o Ecoparque Sperry, uma reserva natural com cenários lindíssimos. Entre uma cachoeira e outra, aproveite para almoçar no Bêrga Motta, um restaurante de comfort food que tem dentro do Ecoparque Sperry e descanse por ali mesmo.

 

As trilhas e cachoeiras do Ecoparque Sperry. Foto: Divulgação

 

Nossa tarde iniciará com você se sentindo dentro de um filme do Steven Spielberg. O parque Vale dos Dinossauros tem animais em tamanho real que se mexem e emitem sons como se fossem de verdade. É impressionante! Você começa o trajeto em uma van e termina com uma caminhada pela floresta. Perfeito para quem está com crianças.

Depois dessa aventura jurássica, vamos voltar ao Centro, comprar alguns snacks em uma padaria ou mercado e ir fazer um piquenique no Parque das Sequoias. Além de ter um dos maiores acervos catalogados da espécie no mundo, os cenários são mega românticos. Dê uma volta, aprecie a vista e faça seu lanchinho.

Final da tarde chegando, é hora de dar uma passada na Catedral de Pedra para fazer algumas fotos. O sol da tarde dá aquele tom amarelado lindo na fachada da Igreja e, de quebra, você ainda pode dar uma passeada nas lojas do entorno.

E antes do jantar, vamos dar um pulo no Ice Bar. Quem passeia durante o dia no Mundo Gelado talvez nem imagine que à noite ele vira um bar com -23°C e sirva drinks em copos feitos de gelo. Vamos abrir o apetite com algumas doses das bebidas que você gosta e ficar livre para jantar onde quiser. Confira no menu Gastronomia as opções.

 

Resumo do Roteiro

1º dia – Parques, aí vou eu!

08h30 – Saída do Hotel
09h00 – Bondinhos Aéreos Parques da Serra
11h00 – Parque Estadual do Caracol e Almoço
13h30 – Parque Terra Mágica Florybal
15h30 – Mundo a Vapor
16h30 – Big Land
18h00 – Jantar na Estação Campos de Canella

 

2º dia – Aventuras em Canela

08h30 – Saída do Hotel
09h00 – Alpen Park
11h00 – Ecoparque Sperry e Almoço
14h30 – Vale dos Dinossauros
16h00 – Parque das Sequoias e piquenique
17h30 – Catedral de Pedra
19h00 – Ice Bar
20h00 – Jantar

 

Os horários aqui são apenas indicadores de referência para você poder otimizar seu passeio. As visitas podem levar mais ou menos tempo em cada local de acordo com a sua disposição para conhecer todas as atrações de cada local, com possíveis filas em bilheterias ou brinquedos. Sugerimos sempre comprar os ingressos com antecedência para ganhar tempo.

 

Onde ficar em Canela

De charmosas pousadas a luxuosos hotéis, a melhor hospedagem para você está em Canela. Clique aqui e conheça as opções.

 

Precisa de ajuda?

A equipe da Central de Atendimento ao Turista está disponível para tirar dúvidas diariamente, das 8h às 19h, na Praça João Corrêa, pelo e-mail centraldoturista@canela.rs.gov.br ou pelo WhatsApp (54) 3282 5199.

Roteiro “Terra, Água e Ar”

Esse roteiro é para quem quer conhecer Canela por terra, água e ar! Com um toque esportivo e de aventura, prepare-se para dois dias de muita emoção.


O primeiro roteiro água deve ser feito em um dia sem chuva e de preferência mais quente. O rafting, ou descida de corredeiras em botes infláveis, é um passeio bem conhecido aqui na região. Não exige experiência e todas as instruções e equipamentos são fornecidos pela empresa que faz o passeio. Dura pelo menos um turno, e se contar
o tempo de deslocamento, pode durar quase todo o dia.

Mas se você prefere uma dica de Água somente para apreciar belas quedas d’água, delete o parágrafo anterior e escolha visitar os melhores parques com cascatas que há por aqui: Parque do Caracol, Parque da Ferradura, Parque da Cachoeira e Ecoparque Sperry. Para quem gosta de ver a paisagem do alto, a dica para roteiro de “Ar” é voar de helicóptero ou de bondinhos aéreos! Esses passeios tem duração mais curta e podem ser feitos em um turno.

Conheça os detalhes de cada um deles e aproveite muito! E para quem prefere ficar com os dois pés no chão, caminhando ou pedalando as opções são o piquenique de bike, que pode incluir um gostoso lanche num parque, ou caminhando a pé pela cidade. Você se apaixonar ainda mais por Canela depois de tanto passeio bacana!

O rafting, ou descida de corredeiras em botes infláveis, é um passeio bem conhecido aqui na região. Não exige experiência e todas as instruções e equipamentos são fornecidos pela empresa que faz o passeio. Dura pelo menos um turno, e se contar o tempo de deslocamento, pode durar quase todo o dia.

Mas se você prefere uma dica de Água somente para apreciar belas quedas d’água, delete o parágrafo anterior e escolha visitar os melhores parques com cascatas que há por aqui: Parque do Caracol, Parque da Ferradura, Parque da Cachoeira e Ecoparque Sperry. Para quem gosta de ver a paisagem do alto, a dica para roteiro de “Ar” é voar de helicóptero ou de bondinhos aéreos! Esses passeios tem duração mais curta e podem ser feitos em um turno.

Conheça os detalhes de cada um deles e aproveite muito! E para quem prefere ficar com os dois pés no chão, caminhando ou pedalando as opções são o piquenique de bike, que pode incluir um gostoso lanche num parque, ou caminhando a pé pela cidade. Você se apaixonar ainda mais por Canela depois de tanto passeio bacana!

Roteiro ” Trilhas”

Se você é do tipo que curte uma trilha de montanha, está no lugar certo. Canela oferece bons passeios com trilhas curtas e médias para você conhecer por dentro a natureza da Serra. Araucárias de todos os tamanhos e vistas lindas de paredões e quedas d’água não vão faltar.

As trilhas mais indicadas estão dentro de parques e são bem sinalizadas.Mas tenha sempre o cuidado de se informar sobre as condições das mesmas, principalmente depois de períodos de chuva. Use sempre um par de tênis que possa sujar ou molhar e leve água!

Se você tiver dois dias para trilhas, a recomendação é fazer no primeiro dia as trilhas do Parque do Caracol – Trilha do Arroio – e as do Parque da Ferradura. Lembre-se que a trilha do Rio Caí exibe mais preparo físico e leva pelo menos duas horas entre descida e subida.


Para o segundo dia, comece pelas trilhas do Parque da Cachoeira e depois vá para o Ecoparque Sperry. Se der, almoce por lá, no restaurante Berga Môtta!

Roteiro Romântico: Canela a Dois

Que a Serra Gaúcha é um dos destinos favoritos dos casais todo mundo já sabe. Seja em lua-de-mel ou aquela escapadinha de férias, os apaixonados colecionam momentos singulares por aqui. E é em Canela que o romantismo ganha ainda mais vida. Por isso, preparamos um roteiro com atrativos que vão do charmoso Castelinho Caracol até o aventureiro Alpen Park para você e seu amor viverem três dias inesquecíveis por aqui.

 

1º dia – Descendo para o Caracol

Acorde cedo e tome um café da manhã reforçado para encarar as aventuras de hoje. Como a maioria dos atrativos abre às 9h, programe-se para sair do hotel por volta das 8h30.

Seu primeiro dia em Canela precisa começar pelo principal cartão-postal da região: o Parque Estadual do Caracol e sua majestosa queda d’água de 131 metros de altura. De carro, táxi, Uber ou Bustour facilmente você desce os 6 km da RS-466 e logo se depara com o pórtico de entrada do parque. Lá dentro, você pode apreciar a vista do mirante principal e fazer aquela foto clássica com a Cascata do Caracol ao fundo percorrer as diversas trilhas que revelam paisagens belíssimas e pequenas cascatas que antecedem a principal. Para turbinar sua visita, você tem o opcional Observatório Ecológico, que é um elevador panorâmico que te leva a quase 30 metros acima do mirante e proporciona uma vista 360 graus do parque. Dedique de 1 a 2 horas para este atrativo, dependendo do seu pique para a caminhada, que não será pouca.

 

Cascata do Caracol vista do mirante principal do parque. Foto: Edu Vieiro

 

Após as conhecer a Cascata do Caracol de pertinho, é hora de conhecer de longe. Parece engraçado falar isso, mas é que a vista do Bondinhos Aéreos, que fica cerca de 1 km depois do Parque Estadual do Caracol, é deslumbrante e você tem uma nova experiência. São 12 cabines importadas da Suíça, com capacidade para oito pessoas cada, que percorrem três estações. Você e seu amor irão embarcar na Estação Central e de lá sobem para a Estação Animal. Lá, além de algumas trilhas de contemplação da natureza, há o espaço Esculturas que Falam, com cerca de 85 peças talhadas em madeira pelo artista plástico Masaharu Hirata que, ao toque, reproduzem o som de diversos animais. Embarque novamente e desça para a Estação Cascata, onde há um mirante mais próximo da famosa queda e faça uma foto memorável.

Embarcando de volta à Estação Central, é hora de descer as escadas e se aventurar no Eagle, uma tirolesa para duas pessoas que simula o voo de uma águia. A cadeira se desloca a 180 metros de distância presa por cabos de aço com desnível de 45 metros em relação à saída, com uma vista única de toda a paisagem. Vocês ficarão alguns segundos parados no topo e, em seguida, a volta é em queda livre até a base novamente. É emoção que você quer? É emoção que você terá!

Aqui você também precisa reservar de 1 a 2 horas para poder curtir bem o parque.

 

Eagle, a tirolesa para dois. Foto: Divulgação Bondinhos Aéreos

 

Após estes dois parques, já vai dar para fazer uma pausa para o almoço. Escolha alguma opção leve porque a tarde ainda terá muita coisa para visitar.

Sua tarde vai iniciar com uma viagem à cultura milenar do Museu Egípcio. Réplicas de pirâmides, sarcófagos, hieróglifos, múmias e até uma coleção do faraó Tutankhamon estarão te esperando nesta visita, que pode durar de 40 minutos a 1h30. Na sequência, no caminho de volta ao Centro vamos parar no Mundo Gelado, uma caverna a -23°C onde tudo é feito de gelo, das paredes aos móveis. Serão fornecidas agasalhos térmicos para que vocês possam interagir com toda a mobília, além de conhecer a coleção de artefatos náuticos do Capitão Jack. Aqui sua visita pode durar de 30 minutos a 1 hora.

Após esta visita congelante, vocês irão se aquecer com um delicioso apfelstrudel, a famosa torta de maçã de receita alemã, feita no fogão a lenha centenário do Castelinho Caracol. Este museu foi a primeira residência de Canela e preserva os móveis e utensílios originais da família Franzen. Dê uma volta para conhecer os cômodos e costumes e finalize o tour na cozinha, claro. Aqui você pode apreciar não só o apfelstrudel acompanhado por creme de nata ou sorvete, como também waffles, chá e outros quitutes tradicionais. Antes de ir embora, dê uma voltinha pelo pátio dos fundos, com um belo jardim e um lago. Ao todo, seu passeio aqui também irá durar de 40 minutos a 1h30, dependendo do tamanho da sua fome.

 

O famoso e inesquecível apfelstrudel. Foto: Divulgação Castelinho Caracol

 

Após este dia intenso, pegue o caminho de volta para o Centro e vá direto para a Catedral de Pedra. No final da tarde o sol se põe de frente para a majestosa torre dando aquele brilho amarelado lindo que os fotógrafos chamam de “golden hour”. Registre seus melhores cliques e aprecie as lojas do entorno. Dê uma volta a pé pelo Centro (ou como se fala aqui no Sul: “dê uma banda”), conheça a Praça João Corrêa, a Casa de Pedra, a Feira de Artesanato e finalize seu dia com uma sequência de fondue. Se estiver perto da Igreja ainda, vale muito a pena apreciar o Espetáculo Catedral de Luzes, que acontece todo dia às 20h30 e 21h30.

Ao chegar no hotel, tome um banho, poste as fotos do dia em suas redes sociais (não esqueça de marcar o Instagram @CanelaRS) e descanse.

 

2º dia – Aventura na Zona Rural

Mais um dia se inicia na cidade das hortênsias. E hoje coloque um tênis e roupa bem confortável, porque é dia de aventura!

Inicie a manhã do seu segundo dia indo direto para o Alpen Park, um parque de diversões totalmente integrado às montanhas do Morro Calçado. Aqui você e o amor da sua vida irão descer pelos mais de 900 metros de trajeto do trenó alpino, subir no TurboDrop para descer em queda livre, se aventurar pelo arvorismo e tirolesa, dar umas voltas de montanha russa, pilotar um quadriciclo e muito mais! São 14 atrações ao total por aqui, e sua visita não pode durar menos do que 2 a 3 horas para conseguir aproveitar bastante.

 

Controle você mesmo a velocidade do seu trenó nessa emocionante descida. Foto: Divulgação Alpen Park

 

Certamente depois dessa manhã cheia de emoção, a fome deve estar batendo forte. Então é hora de descer um pouco mais adentro da zona rural e parar para almoçar Paradouro Rural da Família Schein, que oferece rodízio de massas, risotos, lasanhas com estações de pães, salames e queijos, saladas, sopa de cappelletti, carnes e o tradicional feijão, além dos doces caseiros. Aprecie a natureza ao redor e dê uma “lagarteada” ao sol, que é como nós gaúchos chamamos esse descanso rápido. Na sequência, pare para comprar alguns embutidos, copas e queijos coloniais com a Família Chaulet e leve um gostinho rural de Canela para sua casa.

Seu próximo destino será uma vinícola, obviamente! E ali pertinho tem duas: a Vinícola Granja da Telha, com produção familiar, e a internacionalmente premiada Vitivinícola Jolimont. Em ambas você poderá conhecer os processos de fabricação e conservação dos vinhos e espumantes, degustar os vários tipos produzidos em cada uma e já comprar com condições especiais direto da “fábrica”. Reserve pelo menos 1h para cada uma.

 

Visita aos parreirais e a todos os processo de fabricação. Foto: Divulgação Vitivinícola Jolimont

 

Depois vamos esticar um pouco e descer até o Flor do Vale Alambique e Parque Ecológico, para degustar cachaças artesanais e sentir a beleza da natureza nos diversos cenários deste belo parque ecológico. Se o dia estiver quente, dá até para molhar os pés na água. Dedique cerca de 1h para este passeio. Pegue o caminho de volta ao Centro, tome um café por ali e faça mais algumas comprinhas nas lojas que não deu tempo de visitar no dia anterior.

O jantar de hoje terá churrasco e bom chimarrão. Vamos descer em direção ao Caracol novamente para curtir a Noite Gaúcha da Churrascaria Garfo e Bombacha. Um farto buffet, diversos cortes de carne e o famoso costelão na vala que assa por 6 horas, te esperam junto com o um show de danças típicas gaúchas. Aqui é necessário conferir no site antecipadamente, pois o show não acontece todos os dias. E, por garantia, reserve sua mesa.

 

Noite Gaúcha da Churrascaria Garfo e Bombacha. Foto: Rafael Cavalli

 

3º dia – Explorando o Centro

Se você pensa que já conheceu tudo o Canela tem para oferecer… está enganado! Nos dois primeiros dias visitamos os pontos extremos da cidade, Caracol e Zona Rural, e hoje vamos nos dedicar aos atrativos do Centro.

Inicie o dia na Catedral de Pedra, aquela mesma que a gente visitou no entardecer do primeiro dia. Hoje você pode visitar ela pode dentro, apreciar os vitrais e obras de diversos artistas plásticos, incluindo um altar com a Santa Ceia entalhado em madeira. Depois, você pode subir a escadaria que leva ao carrilhão de 12 sinos bronze de uma marca italiana que ecoam por todo o Centro quando tocam. A atração Sinos da Catedral é um museu que conta a história da construção da Igreja, além de oferecer uma vista panorâmica da cidade. Reserve de 40 minutos a 1 hora aqui, para conseguir recuperar o fôlego da subida e descida.

 

Interior da Catedral de Pedra. Foto: Divulgação

 

Após ver a Catedral por dentro, por fora e, literalmente, de cima abaixo, dirija-se à Av. Don Luiz Guanella, que conecta a gente com a cidade vizinha, e pare no Museu dos Beatles. Ele é o primeiro museu dedicado à vida e obra dos garotos de Liverpool e um dos maiores acervos da banda no mundo. Sua visita aqui levará de 30 a 60 minutos. A próxima parada será o Museu da Moda. Aqui o casal irá fazer uma viagem no tempo conhecendo a história da vestimenta feminina desde o antigo Egito, com réplicas construídas com os mesmos tecidos e técnicas de cada época. Também há uma vitrine dedicada à Lady Di, ícone de moda nos anos 80 e 90. Há, inclusive, peças originais da Princesa de Gales arrematas em leilão. Para visitar os dois andares do museu, você levará de 40 a 60 minutos.

Façam uma pausa para o almoço. Tanto na Avenida quanto no Centro há diversos restaurantes com buffet ou a la carte.

Após o descanso, vamos iniciar nossa tarde no Mundo a Vapor e sua imponente fachada que reproduz um acidente que aconteceu no século XIX, quando uma locomotiva avançou as paredes da estação Montparnasse, em Paris, e ficou suspenso. No interior, vocês irão conhecer miniaturas de máquinas a vapor em pleno funcionamento. É uma verdadeira aula de história e engenharia. O passeio aqui dura de 40 minutos a 1 hora.

 

A menor fábrica de papel do mundo fica no fundo do parque. Foto: Divulgação Mundo a Vapor

 

Na volta para o Centro, vamos parar no Museu do Automóvel. Se um dos dois for apaixonado por carros antigos, aqui é o paraíso! Veículos e peças originais conservados desde os anos 20 leva todo mundo de volta aos Anos Dourados. Em 40 minutos a 1 hora vocês visitarão este atrativo.

Em seguida, vamos atravessar pela Igreja novamente e pegar o caminho do Parque do Lago até o Parque das Sequoias. Aqui existe a maior coleção de coníferas do mundo (árvores que dão frutos em forma de cone) com espécies de diversas partes do mundo e mantidas pela terceira geração da mesma família. O cenário é perfeito para fotos e um piquenique. Reserve de 40 minutos a 1 hora para seu passeio aqui.

Por fim, retorne ao Centro para jantar em uma das opções da Estação Campos de Canella, um complexo cultural, comercial e gastronômico que transformou a antiga estação férrea. São diversas opções de restaurantes e bares para encerrar o terceiro e último dia por aqui.

 

Dezenas de lojas e restaurantes em um único complexo. Foto: Divulgação Campos de Canella

 

Resumo do Roteiro

1º dia – Descendo para o Caracol

8h30 – Saída do Hotel
9h00 – Parque Estadual do Caracol
10h30 – Bondinhos Aéreos Parques da Serra
12h00 – Almoço
13h30 – Museu Egípcio
14h45 – Mundo Gelado
15h45 – Castelinho Caracol
17h30 – Catedral de Pedra
19h00 – Jantar

 

2º dia – Aventura na Zona Rural

8h30 – Saída do Hotel
09h00 – Alpen Park
12h00 – Paradouro Rural da Família Schein
13h30 – Família Chaulet
14h00 – Vinícola Granja da Telha
15h00 – Vitivinícola Jolimont
16h00 – Flor do Vale Alambique e Parque Ecológico
17h00 – Café e compras no Centro
19h00 – Noite Gaúcha – Garfo & Bombacha

 

3º dia – Explorando o Centro

08h30 – Saída do Hotel
09h00 – Catedral de Pedra
10h30 – Museu dos Beatles
11h15 – Museu da Moda
12h30 – Almoço no Centro
14h00 – Mundo a Vapor
15h15 – Museu do Automóvel
16h30 – Parque das Sequoias
18h00 – Jantar na Estação Campos de Canella

 

Os horários aqui são apenas indicadores de referência para você poder otimizar seu passeio. As visitas podem levar mais ou menos tempo em cada local de acordo com a sua disposição para conhecer todas as atrações de cada local, com possíveis filas em bilheterias ou brinquedos. Sugerimos sempre comprar os ingressos com antecedência para ganhar tempo.

Onde ficar em Canela

De charmosas pousadas a luxuosos hotéis, a melhor hospedagem para você está em Canela. Clique aqui e conheça as opções.

 

Precisa de ajuda?

A equipe da Central de Atendimento ao Turista está disponível para tirar dúvidas diariamente, das 8h às 19h, na Praça João Corrêa, pelo e-mail centraldoturista@canela.rs.gov.br ou pelo WhatsApp (54) 3282 5199.

Roteiro Museus de Canela

Além de oferecer os melhores e mais belos parques naturais da Serra Gaúcha, Canela também é uma cidade rica em cultura. Considerando o alto volume de visitantes que a cidade recebe ao longo do ano, muitos empreendimentos escolhem se instalar aqui para mostrar seus acervos e histórias.

E se você quer de dar um toque cultural à sua viagem e fazer um tour pelos museus de Canela, este roteiro é o ideal!

 

Roteiro de 1 dia – Museus de Canela

Nosso dia vai começar pelo museu mais distante do Centro da cidade, o Museu Egípcio, que fica no caminho para o Parque Estadual do Caracol. Aqui você vai fazer uma viagem ao Antigo Egito e conhecer réplicas de múmias, sarcófagos, pirâmides e uma coleção sobre o faraó Tutankhamon. A grandeza dos restos arquitetônicos, a riqueza encontrada nas pirâmides, ruínas e túmulos, os mistérios criados em torno da arte e das próprias construções, tudo contribui para que a história da terra dos faraós seja um assunto palpitante e atual. 

 

Viaje na histórias e costumes da antiga civilização. Foto: Divulgação Museu Egípcio

 

A próxima parada é o Castelinho Caracol, no caminho de volta ao Centro. Esta foi a primeira residência de Canela, que abrigou a família Franzen, que veio da Alemanha. Sua construção não leva pregos nem parafusos e as madeiras passaram por um tratamento onde ficaram submersas no Arroio Caracol por seis meses e depois outros seis meses secando à sombra. O Castelinho Caracol preserva todos os móveis e utensílios originais da família e serve o famoso apfelstrudel feito no fogão a lenha centenário.

Depois desta visita com direito à doce e chá de maçã, vamos viajar para Liverpool sem sair de Canela. O Museu dos Beatles é o primeiro museu sobre a banda no Brasil e um dos maiores do mundo, com uma memorabília de itens originais, arrematados em leilões, além da reprodução de diversos artigos e cenários. Os fãs precisam de um “help” pra conseguir ir embora.

Agora é hora de dar uma pausa para o almoço. Veja na aba Gastronomia as opções de restaurantes pelo Centro e escolha a sua.

Sua tarde vai iniciar no elegante Museu da Moda. Réplicas que vão do Egito, na Antiguidade, passam pelas rainhas francesas e chegam ao século 21 são fidedignas. Têm tecidos e costuras feitas exatamente da mesma forma como as originais. Criado e dirigido pessoalmente pela renomada estilista Milka Wolff, cada peça é feita individualmente e tratada como uma obra de arte.

 

O glamuroso Museu da Moda. Foto: Divulgação

 

Do outro lado da rua fica nossa próxima parada, o Mundo a Vapor. Apesar de intitular um parque temático, ele tem ares de museu por trazer réplicas de dezenas de máquinas a vapor em pleno funcionamento. As visitas são guiadas, e você irá conhecer os processos de fabricação do tijolo, da telha, usinas eólicas e hidrelétricas, além da menor fábrica de papel do mundo. E, sim, você pode trazer um pedacinho de papel para casa como lembrança.

Os amantes do automobilismo não podem perder nossa próxima atração. Criado pelos irmãos Azambuja, atuantes e conhecidos entre os antigomobilistas de todo o Brasil, o Museu do Automóvel de Canela tem veículos originais desde os anos 20 e faz uma viagem no tempo com memorabília e anúncios antigos, além de uma coleção de miniaturas da JR Réplicas.

Por fim, nosso passeio encerra-se no alto da cidade, no museu Sinos da Catedral, que fica na torre da Catedral de Pedra. Lá de cima, além da vista magnífica, você poderá conhecer a história da construção da Igreja e seu idealizador, Cônego João Marchesi, e ver de pertinho o Carrilhão da Independência formado pelos 12 sinos de bronze da marca italiana Sinos Crespi que, juntos, pesam 4 toneladas.

 

Resumo do Roteiro Museus de Canela

08h30 – Saída do Hotel
09h00 – Museu Egípcio
10h00 – Castelinho Caracol
11h00 – Museu dos Beatles
12h00 – Almoço
13h30 – Museu da Moda
14h30 – Mundo a Vapor
15h30 – Museu do Automóvel
16h30 – Sinos da Catedral

 

Os horários aqui são apenas indicadores de referência para você poder otimizar seu passeio. As visitas podem levar mais ou menos tempo em cada local de acordo com a sua disposição para conhecer todas as atrações de cada local, com possíveis filas em bilheterias ou brinquedos. Sugerimos sempre comprar os ingressos com antecedência para ganhar tempo.

 

Onde ficar em Canela

De charmosas pousadas a luxuosos hotéis, a melhor hospedagem para você está em Canela. Clique aqui e conheça as opções.

 

Precisa de ajuda?

A equipe da Central de Atendimento ao Turista está disponível para tirar dúvidas diariamente, das 8h às 19h, na Praça João Corrêa, pelo e-mail centraldoturista@canela.rs.gov.br ou pelo WhatsApp (54) 3282 5199.

Roteiro “Infantil”

Não é exagero dizer que Canela vem se transformando numa verdadeira Disney brasileira, tantas são as opções de diversão. A maioria dos locais, principalmente os parques – tem atrações para crianças de todas as idades.

Dica para crianças de até 12 anos: Parque do Caracol (inclui o passeio de trenzinho), Parque Mundo Mágico Florybal, Playhouse House.

Dica para crianças a partir de 7 anos: Mundo a Vapor, Parque dos Bondinhos Aéreos, Museu do Automóvel, Alpen Park, Parque Vale dos Dinossauros.

Dica família: uma ótima opção para conhecer a cidade e se deslocar com as crianças de forma divertida é com o Bustour. Você pode comprar o passe família e ir parando nos lugares de interesse dos pequenos.

Para comer: Pizzaria Toca da Bruxa, restaurante temático e com Espaço Kids. Não deixe de percorrer as ruas principais da cidade com ótimas lojas de chocolate e sorveterias. Os buffets de comida caseira a quilo tem boas
opções para refeições saudáveis e que agradam as crianças. E não dá para deixar de fora um bom fondue com os pequenos. Eles adoram!

Roteiro “Roteiro para Quatro Dias”

Com esse roteiro de quatro dias, você terá tempo suficiente para conhecer as principais atrações de Canela e o melhor: tudo pode ser feito com calma e você poderá ainda dar aquela volta a mais pela cidade. Lembre-se de clicar
na seção de Eventos e ver as atrações especiais para esses dias.

Comece com um bom café da manhã e parta para o Roteiro de Um Dia. Serão 24 horas muito intensas. Na manhã seguinte vá para o Roteiro de Dois Dias. E siga a rota que indicamos! Aproveite cada segundo. No terceiro dia, siga o Roteiro de Três Dias! Chegou o quarto dia de sua viagem a Canela! Você já é quase um canelense honorário e ainda há muito por conhecer!

Pela manhã, dê novamente uma caminhada pelo centro da cidade, entre na Estação Campos de Canella com mais calma, passeie pela avenida Júlio de Castilhos, pela praça João Corrêa, caminhe pela rua Tenente Manoel Corrêa até o Grande Hotel Canela, um dos primeiros da cidade, e que completou 100 anos em 2017. Perto do horário do almoço, parta para o ecoparque Sperry, que fica na Linha 28, uma zona rural belíssima junto ao Vale do Quilombo.

Esse parque é muito especial. Tem trilhas fáceis e curtas para conhecer quedas d’água e cachoeiras. E a melhor surpresa é o restaurante Berga Môtta, todo envidraçado com aconchegantes áreas internas e externas. Almoce ali, o menu é de comida caseira, servida em cima de fogões a lenha.
Depois da comida, hora de fazer mais uma trilha ou simplesmente relaxar nas redes do restaurante.

Volte com calma olhando cada detalhe da paisagem. Visite mais uma vez a praça da Matriz onde está a Catedral de Pedra. Explore as lojas de artesanato ao redor da praça. No deck de madeira há boas opções de doces franceses, biscoitos e cookies e ótimos chocolates.

Na lateral da igreja, há um prédio mais antigo, hoje reformado. Ali funcionou por muito anos o Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora. Agora, a chamada Casa Auxiliadora oferece hospedaria, restaurante, espaço cultural,
confeitaria, loja de chocolates e café.

Para o último jantar, escolha uma das inúmeras opções dessa região e aproveite mais uma vez o show gratuito de luzes da catedral.

Roteiro “Roteiro de Três Dias”

Em três dias completos, você terá tempo suficiente para conhecer o melhor de Canela. Não será possível cobrir todas as atrações, mas deixará aquele gostinho bom pelo que foi visto e com vontade de voltar em outra ocasião.

Comece com um bom café da manhã e parta para o Roteiro de Um Dia. Serão 24 horas muito intensas. Na manhã seguinte vá para o Roteiro de Dois Dias. E siga a rota que indicamos! Aproveite cada segundo.

Chegamos agora ao terceito dia. Você já incorporou o espírito da Serra e está pronto para mais passeios. Após aquele café da manhã farto que você já está se acostumando a amar, vale a pena sair para um passeio no Laje de
Pedra
, que conjuga caminhadas, belas casas e um mirante lindo para o Vale do Quilombo. Comece pelo Mirante, mas não deixe de caminhar calmamente pelas ruas do condomínio.

A caminhada deu fome? Aproveite e pare para almoçar no Lá em Casa, restaurante com um buffet de comida caseira que virou tradição canelense. Nos finais de semana prepare-se para longas filas, mas vale a pena!! Depois do almoço, tome um cafezinho na Casa Francesa, basta atravessar a rua. É uma padaria bacana, com pães e doces especiais da culinária francesa.

A tarde reserva muita adrenalina e ar puro neste passeio pelo Alpen Park. No caminho, você vai cruzar a cidade, pegando o caminho da zona rural. Novos vales e montanhas aparecerão no seu horizonte, árvores com flores
amarelas ou alaranjadas, dependendo da época do ano. Se for verão, seu caminho será rodeado de hortênsias. O parque é cheio de atrações que estão detalhadas no link. Aproveite. Se anda der tempo, vale seguir adiante pela mesma estrada e visitar os Vinhos Jolimont ou o Alambique Flor do Vale.

Para a noite, escolha opções como o Magnólia, Cannele Bistrot ou um lanche numa das excelentes hamburguerias da cidade!! Confira sempre a seção de Eventos para verificar o que está programado para hoje!

Roteiro “Roteiro de Dois Dias”

Se você tem 48 horas para conhecer Canela, prepare-se, vão ser momentos intensos e inesquecíveis. Como já dissemos no Roteiro de Um Dia, entenda essa sugestão como um aperitivo e venha outra hora para o banquete!!A
cidade tem sempre novidades para você. Para as primeiras 24 horas, siga o Roteiro de Um Dia. E aproveite!!

No segundo dia, a parte da manhã será reservada para outro parque, desta vez o Parque da Ferradura. Ali você encontrará a natureza mais bonita da região e um silêncio incrível para apreciar a paisagem.Se estiver em boa
forma física e tiver mais tempo, vale a pena encarar uma trilha. Está tudo explicado em detalhes na seção atrações clicando acima no link do parque.
Na volta, passe no Parque dos Bondinhos Aéreos. É uma oportunidade de ver de novo a Cascata do Caracol, agora sob um ângulo diferente. Vale muito a pena.

Volte para a cidade e o almoço do Containner Bistrô espera por você. Essa área de Canela oferece uma série de opções gastronômicas, tanto no trecho da Borges de Medeiros que vai do Containner até o deck em frente à Catedral, como na Casa Auxiliadora, na rua lateral da Praça da Matriz.Todos funcionam para um almoço a qualquer hora e são deliciosos.

Após o almoço dê uma caminhada pela Feira de Artesanato e pela rua Osvaldo Aranha, olhando a decoração e lojas de produtos típicos da região.Tem muitas coisas diferentes por todo o lado. Antes do fim da tarde, duas opções de passeios cobertos, o Museu do Automóvel ou o Mundo à Vapor. Leia sobre as atrações clicando nos links e decida o que mais vai interessar!

Para o jantar, a recomendação é uma churrascaria ou uma galeteria!! E não esqueça de assistir ao show de luzes da Catedral de Pedra!! Confira os horários no link ao lado.É uma atração gratuita.

Roteiro “Roteiro de Um Dia”

Canela é imperdível e vale muito mais que 24 horas da sua viagem. Mas a gente sabe que muitas vezes simplesmente não é possível. Então escrevemos esse roteiro pensando no visitante que faz questão de conhecer a cidade e quem sabe voltar da próxima vez para um programa mais extenso! Entenda essa sugestão como um aperitivo e venha outra hora para o banquete!

Prepare-se para um dia intenso, tomando um café da manhã reforçado. O primeiro destino é o Parque do Caracol, onde você vai conhecer a cascata mais famosa do Rio Grande do Sul. Programe-se para chegar no parque antes das 10h, já que o passeio é muito agradável e oferece opções que podem consumir de duas a três horas.

Na volta do parque, ainda na estrada do Caracol, vale a pena uma parada no Castelinho, uma das casas mais antigas da região, construída sem a utilização de pregos.

Para almoço, e já deve ser tarde, a dica é o Empório Canela, que tem variedade de pratos e sobremesas e uma ótima localização, com horários flexíveis.

Depois, aproveite que você está na área central da cidade e saia caminhando pela cidade. Você está ao lado da Praça da Matriz, com a majestosa Catedral de Pedra. Ande ao redor da praça, entre na igreja e tire a foto clássica em frente ao letreiro “Canela”.

Volte para a rua Felisberto Soares e vá descendo a rua em direção à Praça João Corrêa. Tem muita coisa a ser vista por ali como a Casa de Pedra e a Estação Campos de Canella. Siga pela Osvaldo Aranha, onde há lojas de artesanato, produtos típicos, roupas, artigos de cama, mesa e muitas vitrines interessantes.

Pare para um cafezinho com croissant numa cafeteria entre as opções ao longo da avenida. Perto do fim de tarde, volte a pé até a Catedral, escolha um dos estabelecimentos que ficam no deck de madeira e aproveite os raios de sol refletindo nos vitrais da catedral.

Para fechar o dia com gosto de Serra Gaúcha, escolha entre um fondue e uma galeteria, com comidas típicas da culinária italiana.